sem inspiração

sou super sempre superável
serei sobretudo superficial.

serenamente simples,
supero sincronicidades silogísticas,
sôfregas, santificadas.
sancionadas sem sanfonas solistas
solavanco sustenido
sustentado sobre sol,
só.

Um comentário:

Ratos Di Versos disse...

bela construção de sonssssss,
sonssssssssssssss,
sonssssssssssssssss
poesia não dói - eu acho.
O que dói é o que a estimula
e o que a desestimula - como o olhar dos construtores alheios.
Ainda bem que nesse momento seus ouvidos eram seus e.
palavras........
bejosssssss

maris