DOIS POEMAS (ou A história do marido injuriado)

Um?
Pô,
Ema

Dois?!
Pô,
Ema


Marcelo Nietzsche

Nenhum comentário: