Trocadilhos ou poemetos Infames (mais uma série)

a poesia é livre
pois ia


para onde você vai
que ... vaia!


aos adúlteros:
os úteros!
Marcelo Nietzsche


Um dia fecham o Rio
outro Fashion Rio
(copiado sem autorização de Dan Magrão)

2 comentários:

maristotelica.blogspot disse...

e no dia da votação
esqueceram o camburão!

muito bom
AMBOS,
parceiros de bueiros elitizados
É...
porque a gente sabe que o buraco é bem mais embaixo! bem mais....

BEIJUKAS,
MARISRATA

jupyhollanda disse...

amei!

tinha pensado um "trocadalho" desses bem infame, mas...
esqueci...
=(

*rsrsrsrsrs

Bjos
:***