Nonsense

Um suspiro qualquer sobrevoa meu mundo."O diabo na rua, no meio do redemunho". Um sopro distante nubla o céu da minha prudência enquanto o cardume de pássaros azulados rodopia estranhas acrobacias no tempo e no espaço. Sete chaves trancam a iluminação do que não há, e um fogo perpétuo queima em tristes brasas plenas de um calor frio e desumano em sua essênciao o fino fio de certeza cristã. Under the serious moonlight i shall dance -dançar a ciranda eterna do homem e suas fantasias. Pela excitação única e poderosa do início do exato contato, da execução firme do proposto postulado.
Não olhe para o carpete. Eu desenhei coisas estranhas nele.

2 comentários:

Ratos Di Versos disse...

tudo vem mudando na tua escrita.
rica. os ventos estão mudando.
o calor no frio do espaço dentro...
sei lá!
li quatro vezes e quero ler mais.
e quero encotrar os riscos no tapete.
vou tentar

silêncio em beijos

Maris

Juju Hollanda disse...

amei RATO DAN!!!!

Eu como a Maris, não me canso de ler tão boas e intrigantes palavras...

Bjos
:***
Juju